Uncategorized

Causo da Dakota

Olá meninas, vou resumir minha historia..
Sou casada há 1 ano e 8 meses, morava em outra região e me mudei para onde meu marido vive com a familia.
Não tenho ninguém que eu conheça, sou sozinha apenas meu marido e familia.
Bom, assim que eu me casei a namorada do meu cunhado ( na época eles tinham 4 meses de namoro) começou a criar muitas intrigas, na igreja que eu congregava ela começou a falar para todos eu sou uma bruxa, cobra , etc…. o por que disso eu não sabia, ate pouco tempo descobrir q ela tem inveja de tudo o que eu tenho (minha familia tem boas condições e eu continuo no mesmo padrão) essa namorada do meu cunhado ela ñ tem condições pai pedreiro e mãe faxineira. Enfim ela e a irmã do meu esposo se ajuntaram a me desprezar,minha cunhada sempre falou mal do meu esposo e tem inveja pelas conquistas q ele obtêm, cheguei na cidade achando q encontraria uma segunda familia e elas seriam minhas amigas, mas não foi assim, encontrei 2 inimigas q fizeram a minha caveira a todos da cidade, sofri demais no inicio,chorava até que no meio do ano passado ela veio me pedir perdão (cocunhada) pensei q acabou esse inferno, mas não apenas tinha começado tudo o que acontecia ela queria me culpar dizendo q era eu, nunca fui na casa dela e ela inventava q eu ia casa dela e saia falando mal. Bom comecei a ignorar-las , pois elas só me procuravam qdo precisavam de alguma coisa e depois chutavam a minha bunda ( iam na minha casa pra comer e em seguida iam embora). Superei essa fase e ignoro-as e são como defuntas na minha vida.
Mas ai começou o problema a psicopata sempre se faz de coitada, ela esconde o q faz e eu sou mt explosiva eu quero provar que não foi eu q fiz.
Meu relacionamento com meus sogros…. no namoro eu me dava muitoo bem com eles, eles só faltavam lamber meus pés ( pela posição e cargo que meu vô tinha $) casei pensando que teria uma segunda mãe, sempre vejo minha vo tratando minhas tias como filhas e eu me iludi assim, nos primeiros dias de casados eles apareciam na minha casa do nada, e se eu ou me esposo não atendia na hora q chamavam começavam a fazer escandalo (ñ tenho campainha ,vem a cena em minha mente) certo dia esqueci o portão destrancado os meus sogros entraram na minha casa sem bater, mano se eu estive pelada, ou fazendo sex* com meu marido eles tinham pegado. começou ai eu ficar incomodada , meus sogros ligam em casa 10x ao dia (7am.10am,12pm,15:30…) e para nao falar nada, sempre atendi o telefone e eles nunca me cumprimentaram apenas dizem: quero falar com o ..(meu marido)ok, vamos ignorar isso e viver em paz.
Um certo dia meu marido estava com eles na sala ( eu estava dormindo) escutei vozes e fique escondida escutando ele e a mãe dele falando mal de mim (meu sangue ferveu) quando fui voltar ao meu quarto acabei fazendo barulho( eu estava com pouca roupa) assim q fechei a porta e fui me vestir a mãe dele entra no meu quarto com tudo, eu ñ aguentei ja disse q ela estava falando mal de mim , e ela tão falsa negou, eu disse todas as palavras dela e ela ficou com cabeça baixa, e meu marido ficou caladinho. as ok, vamos procurar viver em paz,
as perseguições das cunhadas bruxas continuaram eu ñ tinha nenhuma amizade entrei em depressão (estou m tratando)
sempre fui uma nora q limpou,lavou ,cozinhou na casa da sogra,nadas datas festivas sempre parabenizei dei presentes mas nunca me agradeceram em nada, qdo vão na minha casa comem e nem o prato da mesa tiram, me ignoram na mesa, na minha casa ou na casa deles. conversam entre eles e eu IGNORADA como se não tivesse ali, isso foi me magoando muito.
Minha terapeuta m deu conselhos e eu resolvi coloca-los como pessoas mortas em minha vida, esta funcionando.
Minha mãe depois de 1 ano e 8 meses veio me visitar e convidou meus sogros, cunhado e cunhada para almoçar (sem eu querer) foi um clima horrível, eu sendo ignorada Logo após a saida deles minha mãe veio me falar q eu sou fria com elas, e perguntei ao meu marido e ele disse q eu não faço nda para agrada-los.

Sempre tratei eles bem, como meus pais (ñ tem reciprocidade) respeito, dia dos pais,mãe,aniversarios dou presentes, parabenizo (eu idolatrava eles) e não um FELIZ ANIVERSARIO recebi, eu gostaria muito de me sentir abrigada por eles, sou carente mas não tenho isso , estou ferida meu marido não se importa pq como ñ atinge ele, ele ñ se incomoda como me tratam.
o que devo fazer????? viver fingindo:??? ser falsa??? eu ñ consigo fingir.
Me ajudem, tenho medo de engravidar e meu filho ser rejeitado ( a irmã do meu marido só joga maldição na criança q nem fiz ) gostaria de ter uma familia feliz, sinto falta disso.

Anúncios

3 comentários em “Causo da Dakota

  1. Todo relacionamento começa com repeito, eu fico pasma com atitude do seu marido juntamente com a mãe falando mal de você dentro da sua casa, se a família dele te trata assim por causa dele, ele dá brecha para essa situação(já falou com sua terapeuta sobre a atitude dele?). Eu teria uma conversa com ele bem séria, porque isso não é coisa de um marido fazer com a esposa, o homem tem que colocar a esposa como prioridade na vida dele, tem que proteger o casamento de ações externa, quanto a sua sogra e demais familiares, não aceite na sua casa, não seja mais a simpática, se quiser ver o filho que marque um lugar, mas dentro da sua casa, aceitar uma cobra jamais.

  2. Dakota,

    “Minha terapeuta m deu conselhos e eu resolvi coloca-los como pessoas mortas em minha vida, esta funcionando”

    Que bom que você faz terapia. É uma ótima maneira de nos conhecermos melhor, saber por quais motivos fazemos determinadas coisas, conhecer quais são os gatilhos que acionam os nossos momentos ruins. Mas é uma pena que você não esteja aproveitando plenamente os conselhos dessa profissional que só quer te ajudar. Moça, gente morta não provoca essa revolta, essa carência toda. Os defuntos não provocam dúvidas como essas que você tem a respeito de um futuro filho, por exemplo. O que me parece é que, contrariando o que te foi dito em consulta, você não os MATOU em seu coração e convívio, apenas os colocou na ESPERA, torcendo para que eles sentissem a sua falta e mudassem completamente de comportamento.

    Vou adiantar: não vai dar certo. Eles não vão mudar, pois não são os incomodados. Você parece ser uma pessoa legal, amorosa e bem-intencionada, mas entenda: quando o santo não bate, não adianta de nada ser um poço de virtudes. Não vão te amar nem que você se cubra de ouro, essa é a triste verdade.

    Você pergunta: “o que devo fazer????? viver fingindo:??? ser falsa??? eu ñ consigo fingir.” Olha, o melhor que você pode fazer, dadas as circunstâncias, é JAMAIS ficar sozinha com qualquer pessoa da família dele, ser sempre sorridente, simpática e limitar-se ao BOM DIA, BOA TARDE, BOA NOITE, POR FAVOR, COM LICENÇA e OBRIGADA. Sem assunto, sem chance de aborrecimento. E já que você está preocupada em não viver fingindo, em levar uma vida honesta e bacana, deveria conversar com o seu marido sobre ele estar falando mal de você com os parentes, o que é inadmissível. Cunhada, sogro e sogra nos descendo o verbo? Infelizmente isso é bem comum e nunca tirou pedaço da vítima dessas línguas ferinas. Mas o parceiro? O cara que divide a vida, a cama, o dia-a-dia, os problemas contigo, sair falando coisas que não te favorecem? É, de longe, o mais triste no seu causo.

    A família do seu amado não é legal. Mas você também não tem sido consigo mesma. Já ouviu aquele ditado, “quem muito abaixa acaba mostrando a bunda”? Foi o que aconteceu contigo, nessas tentativas loucas de agradar quem não queria ser agradado, na intenção de fazer parte de uma trupe que não te recebeu de coração aberto. Seja boa consigo mesma e se cerque de gente que realmente gosta de você, que te ama de verdade – tenho certeza de que não são poucas pessoas.

    Boa sorte.

    1. Realmente Cherosinha, eu tenho/tinha esperança deles mudarem, e lendo o q vc me disse eles não vão mudar e muito menos sentir minha falta como até agora não se manifestaram. No dia dos pais eu preferi ficar em minha casa, e meu marido qdo chegou me contou q teve uma discussão sobre mim. Desta vez ele me defendeu e a minha cunhada disse q agora ele não vai mas defender a mãe e sim a esposa, q neste momento minha sogra se calou. Estou muito desejosa de engravidar preciso de uma companhia, e sei q mesmo eu fazendo tudo eles nunca serão gratos ou reconhecerão isso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s